quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Desabafo #1

Esta é uma altura do ano engraçada. Para uns é uma altura romântica, para mim só o foi por duas vezes. Podia contar três, mas tendo em conta que uma delas me levou aos cacos que eventualmente possa ser hoje, só conto duas. Essas duas vezes foram uma com a minha primeira namorada, já lá vão uns valentes anos, a outra foi o ano passado com a minha ex-namorada. Foi o mais perto que tive de ter um Dia dos Namorados digno desse nome. O do ano passado foi o melhor, por vários motivos, mas foi o único dentro daquilo que eu sempre imaginei que devia ser.


Admito que, na minha opinião, todos os dias são dia dos namorados, ou deviam, quando duas pessoas estão apaixonadas e se amam, porém, é a 14 de Fevereiro que se "cometem" mais extravagâncias; a caixa de bombons ou chocolates, as flores, o jantar fora, a ida ao cinema...enfim, várias datas resumidas num só dia. Eu não tenho direito a isso e, para um romântico incurável como eu, é complicado, mas torna-se pior pelo facto de eu ter uma história de relações meio...estranha. Pode haver quem se pergunte "se és assim tão bom, como estás solteiro?" ao que eu respondo: porque eu não fechei os olhos a certas coisas que me fizeram e não forcei ninguém a ficar comigo sem gostar de mim. Não deu, acabou. Segue-se em frente.

Espero, muito sinceramente, que tenham um dia agradável neste dia 14 que se aproxima. Se namorarem, que tomem muito bem conta da vossa cara metade. Zangas são normais, mas não deixem que o vosso orgulho seja superior ao que sentem. Não sejam condescendentes com traições; trair não "acontece", é uma escolha e se há uma segunda pessoa, então é porque vocês nunca foram amados/as verdadeiramente. Sigam em frente.

Aos actuais casais: que tenham a maior sorte do mundo e que, se gostam mesmo um dos outro, se mantenham por muitos e longos anos. Respeitem-se e Confiem. Sejam felizes.
Aos solteiros: tenho a certeza que o futuro vos reserva algo de bastante risonho. Não desistam, não percam a esperança. Acreditem.

Sabem qual é a ironia deste post? É que o sujeito que vos escreve isto tem esperança em encontrar a sua Rainha, mas não acredita muito nisso. Acha essa esperança uma treta. Coisa ridícula.

- Amor não pode ser forçado. Tem apenas de ser.

Sem comentários:

Enviar um comentário