quarta-feira, 1 de julho de 2015

Hipócritas cansam-me

Há uma coisa que eu não consigo entender nas pessoas. Passam a vida a queixar-se de um determinado aspecto, que lhes faz mal e que não se sentem bem com isso e que querem seguir um novo caminho. A vida abres-lhes a porta para a mudança e quando já só falta fechar a porta para seguir caminho, voltam para trás. Faz-me uma confusão tremenda isto. Não por ser a vida dos outros, mas porque essa atitude acaba por me afectar directamente. Como? Porque enquanto eu tento ser o mais honesto possível ao tentar ajudar as pessoas quando me pedem ajuda, estou a dar também o melhor de mim para os outros, estou a esquecer-me que também eu preciso de mim para ajudar os outros e, acima de tudo, estou a dar cabo de mim por ir adiando a resolução dos meus próprios problemas tudo para que os outros possam andar com um sorriso na cara! Estou cansado disto tudo. Ou me pedem ajuda porque realmente precisam dela ou calem-se de uma vez por todas com os "estou mal e quero mudar". Eu estou farto de ser "o melhor amigo das horas péssimas, depois podes voltar para a prateleira e faz de conta que não me conheces". Isto é ser hipócrita. E a hipocrisia paga-se cara quando me afecta directamente a mim.

"Nem parece um post dos teus, dos que costumas fazer aqui". Pois não. Porque não é. Porque me cansa ter que ver situações com as quais não concordo. Dói-me ver pessoas mandarem-se para um abismo, pedirem-me que as salve e depois atiram-se outra vez. Que sirva de aviso a todos os meus amigos que lêem este meu blog: se eu vos ajudo é porque acredito cegamente que vocês têm muito mais para dar, mesmo que a vossa felicidade signifique vocês terem de sair da minha vida. Só não cometam os mesmos erros uma e outra vez. Porque enquanto eu fizer algo por vocês é sinal que me preocupo e que de alguma forma vocês fazem parte do meu "espaço", o qual vocês deviam saber melhor que ninguém que é difícil de entrar. Não estou a dizer que vocês terão aqui um inimigo. Nada disso. Vocês são o vosso próprio inimigo e o pior deles todos, sabem porquê? Porque são uns conformados da pior espécie. Vamos aos exemplos práticos só para finalizar este post.

Eles: sabes que és traído pela tua namorada, acabas com ela, começas a refazer a tua vida, mas assim que a tua ex te diz "volta para mim, tenho saudades tuas e nunca mais te vou magoar" parecem cachorrinhos a correr atrás do osso. Resultado = sai mais um par de marfim para a mesa 1.

Elas: podem ser traídas, podem ser gozadas, podem ser usadas, podem tudo. Acabam com o namorado para seguirem um caminho melhor. São livres de fazerem o que quiserem. E o que escolhem fazer? Voltar para a pessoa que vos trata de todas as formas menos da forma que merecem. 

Agora digam-me ambos: gostam de ser usados(as)/gozados(as) ou são só masoquistas? Seja qual for a resposta, não me usem nem venham dar uma de coitadinhos(as). Eu tenho mais que fazer.


Sem comentários:

Enviar um comentário